Conheça os cuidados para se prevenir de fraudes na cobrança de títulos protestados

Ninguém está livre de ser vítima ou autor de uma inadimplência. Para obter o pagamento de uma dívida, existe o protesto em cartório, cuja função é comprovar que determinado título ou documento não foi pago na data estipulada.

Apesar da segurança jurídica, o protesto, assim como outros procedimentos, pode ser alvo de quadrilhas e estelionatários. Um dos casos mais relatados por quem procura o Cartório de Protesto de Títulos, são os de golpistas que entram em contato com o cidadão ou empresa se passando por um funcionário do cartório e dizendo que uma dívida deverá ser paga. Caso isso não ocorra, haverá o protesto.

Para concluir o golpe com sucesso, o estelionatário faz com que o cidadão deposite ou transfira o valor para uma determinada conta bancária. Há casos em que o golpista envia um boleto por email.

Aqui é importante ressaltar que nenhuma cobrança é feita dessa maneira pelos cartórios. O Protesto de Títulos que chega ao cidadão por meio de uma intimação elaborada por um tabelião do Cartório de Protesto. Além disso, o pagamento nunca é realizado por depósito ou transferência bancária e sim diretamente ao credor, que em seguida formaliza a transação por meio de carta de anuência.

Caso você receba uma ligação ou email com boletos de cobrança duvidosos, verifique a situação diretamente nos cartórios de sua cidade que estão autorizados a realizarem protesto de títulos e documentos. Também é possível consultar a existência de protestos pela internet, no site protestors.com.br.

Em caso de dúvidas entre em contato com o cartório de sua confiança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *